quarta-feira, dezembro 01, 2010

O Primeiro de Dezembro, e a Restauração da Independência

Celebramos a restauração da independência, da soberania política.
Tantos anos passados, sabemos, pela história de outros povos (alguns tão próximos de nós, veja-se, por exemplo a Catalunha e o País Basco que sofrem, ainda hoje, o domínio que nós conseguimos rejeitar há tantos anos, ao que parece, até com a ajuda, mesmo que indireta, deles; outros, mais distantes geograficamente, mas de mim afetivamente tão próximos, como é o caso do Tibete), como a "santa liberdade" - que eu tanto gosto o Vitorino cantar no Hino da Maria da Fonte! -, é uma condição essencial ao bem-estar pessoal e social.
É claro que entendo a expressão "santa liberdade" em sentido lato, não num sentido estritamente religioso.
370 anos passados de dia tão importante na nossa História, se a soberania política é preciosa, a soberania económica, pelo contrário, é trágica.
A versão que aqui deixo do Hino da Restauração é a única que encontrei no Youtube com os versos do hino, não apenas a música.

Sem comentários: