terça-feira, abril 06, 2010

Nascemos cópias br Morremos originais

Nascemos cópias, tornamo-nos originais. É verdade!
Mas normalmente não pensamos nisso. E é pena que não o façamos.
Toda a riqueza que resulta da diversidade, da originalidade, da diferença, fica por aproveitar.
Para prejuízo sobretudo dos mais novos.

Sem comentários: