domingo, junho 07, 2009

Saudades e amizades, com a escola a acabar

Já agora, que estamos em altura de assinar as fitas dos livros de curso, ou as T-shirts dos colegas, aqui deixo duas sugestões, uma mais própria para uns casos, outra mais própria para outros. Vão perceber a diferença.
Fui buscar estes exemplos à poesia popular, depois de ler um valioso trabalho de Carlos Nogueira, "Para uma poética da poesia oral infantil e juvenil".

I
Se um dia desfolhares
A pétala da saudade
Lá encontrarás restos
Da nossa muita amizade.

II
O meu pobre coração
Precisa do teu amor
Quando isso acontecer, (Ai!...)
Acaba-se a minha dor.


Sem comentários: