sexta-feira, março 07, 2008

Se amanhã o repórter me perguntasse... 2

Se amanhã o repórter me perguntasse o que é que eu penso do que o dr. José Miguel Júdice disse muito recentemente, ainda esta semana, num dos canais da televisão portuguesa, num debate com o dr. António Barreto, a propósito das manifestações de professores, que têm acontecido por estes dias um pouco por todo o País [Lembro que o que ele disse foi isto mais ou menos assim: (...) Que Deus livre os meus netos de cairem nas mãos de alguns desses professores, que eu vi nessas manifestações (...)], eu responder-lhe-ia assim:
Tem toda a razão, dr. Júdice! Que Deus livre os seus netos e também os filhos e os netos de todos nós desses professores!...
E digo mais: tenho a certeza que o dr. Júdice concordaria comigo se eu continuasse assim: Que Deus livre também os seus netos, os filhos e netos de todos nós, e os nossos pais, e os nossos irmãos, e os nossos amigos, e os nossos vizinhos de alguns advogados, psicólogos, políticos e outros profissionais que aparecem também nas televisões e nos jornais!... Às tantas, teremos também de ver o que pode passar com os nossos telhados de vidro...

Sem comentários: