sábado, março 15, 2008

O dia europeu do consumidor - 2/2

A título mais pessoal, sem quaisquer pretenciosismos, apenas como a proposta de qualquer coisa para se ir pensando, deixaria aqui a sugestão de leitura do artigo publicado na edição n.º 144 do Courrier internacional, de Fevereiro de 2008, na página 58, com o título Manual de instruções da simplicidade voluntária. O artigo foi originalmente publicado no jornal Svenska Dagbladet (Estocolmo), em Outubro de 2006, tendo Anna Lagerblad como autora.
Deixo aqui esta sugestão, sobretudo pensando naqueles que não possam ter acesso ao Courrier internacional, um pequeno excerto do artigo, que me parece conter os elementos-chave para se entender a ideia principal contida no artigo.
[...]Na Suécia, Jörgen Larsson, investigador e pai de dois filhos, é uma pessoa que adoptaram esta concepção de vida. Foi no fim dos anos 1990 que ouviu falar de "downshifting", também chamado "simplicidade voluntária". [...] Não se tratava de dizer adeus ao mundo do trabalho, antes de começar por fazer semanas de 30 horas em vez de 40. A perda de rendimentos é compensada por uma vida mais modesta e por uma forma de consumo revista em baixa, outra das ideias-chave do movimento. Comprar uma casa grande com alguns amigos. Utilização comunitária do automóvel. Para festejar um acontecimento, organizar uma refeição em que cada um leva um prato, em vez de ir ao restaurante. São estas as recomendações dos defensores da simplicidade voluntária [...]
É fácil pensar e dizer que é preciso ir muito mais longe, com mais comportamentos e mais criatividade. É verdade. Mas este é já um começo.

2 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Psikus disse...

aqui fala o xxxxxxx xxxxxx, oseu antigp paciente na coelho da rocha vou lhe deixar o meu contacto xxxxxxxxx, por mail xxxxxxxxxxx@hotmail.com ., xxxxxxxxxxxx@gmail.com muitos parabens pelo saite

11:44 AM