sábado, novembro 28, 2009

Um bocadinho da pessoa que é o Miguel Guerreiro. Reparem bem...

Foi um acontecimento muito bonito, a passagem do Miguel Guerreiro pela Escola Secundária Eça de Queirós, no passado dia 25 de Novembro. Foram duas horas entusiásticas e empolgantes, que ninguém deu por passarem.

Depois do alegre e bem dinâmico evento, fui almoçar com o maestro Mário Rui, a amiga e companheira psicóloga Carla Andrino, o compadre Renato Pernadas e a colega Ana Cabaço, amiga de infância do maestro.

Estávamos quase eufóricos. Depois dos aperitivos, quando já estávamos um pouco mais calmos, comentámos aperformance do Miguel. A certa altura eu disse que seria sinal de alguma inibição do Miguel (o que era natural), no princípio da sessão, o facto de ele ter respondido à Carla Andrino, quando ela lhe perguntou o que ele tinha gostado menos no “Uma canção para ti”, que tinha sido ter ficado triste – Porquê? -, " porque os outros meninos não tinham ganho também", respondeu ele. Parece uma afirmação "politicamente correcta", pouco espontânea.

O maestro Mário Rui revelou-nos, então:

- Penso que não, Fernando, acredito que ele estivesse a ser absolutamente sincero… Quando foi a finalíssima, em que o David Gomes ganhou o prémio da viagem, o Miguel veio ao pé de mim e disse-me “Eu acho que devia ser outro menino a ganhar hoje. Eu já ganhei uma vez, o David também, agora devia ser outro”. E ele pareceu-me absolutamente sincero e espontâneo a dizer isto.

Como eu gostei de ouvir o meu amigo Mário Rui dizer isto do Miguel!... cheers

Plagiando o título da canção que dá o nome ao CD do Miguel, eu quero que uma boa estrela guie sempre o Miguel ao longo da sua vida, que ele promissoramente parece ir alimentando com a mais ingénua e saudável naturalidade.

Sem comentários: