domingo, agosto 12, 2007

Uma perplexidade... outra vez a Comunicação Social

Hoje, quando, mais uma vez, eu regressava de Abrantes, ouvi repetidamente o anúncio, em mais do que um posto da rádio, que a mãe da pequena Madeleine, numa entrevista à Lux (penso que não me estou a enganar no nome da revista), "confessou" que não tinha morto a filha... Estranho... confessa-se (ou não) os crimes que se cometem, não os que não se cometem, não é?... O que é que, na verdade, está aqui em causa?... A mãe falou mesmo assim, ou o jornalista pôs o pé mais além do que lhe permitia o chinelo?...
Que ficamos à mercê da falta de clareza e de rigor informativo (jornalístico?...), lá isso ficamos...

Sem comentários: